21 3620-7151 comercial@codax.com.br

 

A Corrente Russa é um tipo de tratamento desenvolvido na Rússia durante a década de 80, onde o paciente faz uso de Eletroestimulação para contrair a musculatura e melhorar a circulação sanguínea. Essa técnica pode ser utilizada para procedimentos estéticos e também como uma prática terapêutica visando melhorar a qualidade de vida dos pacientes.

 

O surgimento da corrente russa

 

O tratamento anteriormente era conhecido como Estimulação Russa. O que muitas pessoas não sabem, é que sua criação  está ligada aos astronautas. Esses cosmonautas passavam longos períodos em órbita e a falta de ação da gravidade em seus corpos representava um problema. Para que eles não perdessem a força muscular, foi desenvolvida uma forma de massagear o corpo através de impulsos elétricos. Sendo assim, Yakov Kots desenvolveu o método da corrente russa.

Ele foi criado para combater estes problemas em um menor tempo possível através de uma corrente excitomotora. O aparelho envia correntes elétricas para o corpo, estes impulsos contraem os músculos. Esta técnica de eletroestimulação consegue a estimulação do nervo motor e, com isso, atingir um grande número de fibras, inclusive as mais profundas.

 

O Aparelho e os resultados da técnica

 

o surgimento da corrente russa

 

O funcionamento do aparelho de corrente russa é muito simples. O equipamento atua emitindo impulsos elétricos até o músculo que se deseja atingir, aumentando o metabolismo e, portanto, a nutrição. Isso faz com que aumente a força física da pessoa, dando volume, tonificação muscular e enrijecendo a área. Além disso, também ajuda na redução de gordura corporal e na melhora da drenagem linfática.

São necessárias de 10 a 20 sessões que podem ser feitas até três vezes por semana. Os estímulos elétricos são aplicados por entre cinco a 20 minutos, mais do que isso pode ocasionar fadiga muscular. A corrente é aplicada usando-se placas de silicone com um gel condutor entre a pele e o eletrodo. Eles podem ser acoplados por cintas de elástico sobre o músculo que deve ser estimulado.

A manutenção após essas sessões vão de acordo com o caso e o objetivo que devem ser orientadas por um médico. Os profissionais habilitados para aplicação da corrente russa são médicos dermatologistas ou fisioterapeutas com treinamento adequado.

 

A Corrente Russa e o Emagrecimento

 

 

corrente russa emagrecimento

 

A corrente russa também pode ser utilizada para auxiliar no processo de emagrecimento. Combinando a prática terapêutica a exercícios físicos regulares e uma alimentação equilibrada, ela se torna fundamental para modelagem corporal através da definição, mas como ela atua na camada muscular, vai diminuir a flacidez mas não vai reduzir a camada de gordura.

A técnica também é indicada para os pacientes que desejam ampliar os resultados da perda de peso. Isso porque, ela melhora a aparência da pele, ajuda na tonificação muscular e elimina gorduras localizadas. Do mesmo modo, a corrente russa pode ser eficaz para mulheres que passarem pelo período de gestação e desejam diminuir a flacidez corporal.

 

As contraindicações do tratamento

 

Por mais benéfico que seja este tratamento, ele também possui as suas contraindicações. O uso das correntes elétricas para estimular os músculos deve ser evitado por cardiopatas, portadores de marca-passo, indivíduos com patologias circulatórias, pessoas com pressão alta ou baixa.

O procedimento também é contraindicado para pacientes com febre, neoplasia, doenças renais, problemas pulmonares, tumores na pele, doenças de pele, fragilidade de vasinhos capilares, doenças reumatológicas, implantes metálicos, lesões musculares tendinosas e ligamentares que impeçam a contração muscular fisiológica.

 

Veja também: Curta nossa página do Facebook

 

Conclusão

 

 

A Eletroestimulação com corrente russa é capaz de remodelar o corpo com eficiência, diminuindo a flacidez, aumentando o tônus muscular e trazendo melhora para a celulite de forma eficiente. Os aparelhos podem ser utilizados para diversos tipos de procedimento visando recuperar pacientes seja física ou esteticamente. Você já fez algum tratamento com corrente russa? Deixe seu comentário e Curta nossa página do Facebook.

 

Facebook Comments

Related Post

Seja bem vindo ao Blog da CODAX Médica! Seja bem vindo ao novo blog da CODAX Médica! Aqui você encontrará novidades, artigos e dicas sobr...
Conheça 5 segmentos que trabalham com a Eletroestimulação A Eletroestimulação é um recurso terapêutico que serve para tonificação ou analgesia neuromuscular m...
Você sabe como funciona a Auriculoterapia?   A Auriculoterapia é uma técnica terapêutica que tem como foco a orelha. Ela possui centena...