A acupuntura é uma técnica majoritariamente realizada pela introdução de agulhas da pele do paciente. No entanto, hoje, a tecnologia possibilita que inovações possam ser utilizadas para promoverem o mesmo efeito, e até mesmo otimizar o tratamento antes feito apenas por agulhas.

As duas técnicas mais utilizadas hoje em dia para estimular o tratamento com acupuntura são a eletroacupuntura e a laseracupuntura. Ambas podendo ser realizadas para as mesmas indicações que a tradicional, além de serem indicadas para humanos e animais.

Entendendo a eletroacupuntura

No primeiro caso, o segredo é a eletroestimulação. A técnica é baseada na ação de eletrodos sobre a pele, que têm seu efeito adicionado à ação das agulhas do método tradicional para um aumento dos resultados.

Cada agulha utilizada para o tratamento é estimulada por meio de impulsos elétricos. Estes são conectados a um eletroestimulador, que viabiliza ao profissional a configuração exata de quantidade de estímulo e tempo em que as agulhas ficam conectadas aos fios, estimulando os pontos exatos no paciente.

No entanto, ainda que o procedimento faça uso de estímulos na pele, os pacientes costumam sentir apenas formigamento. Por isso, o tratamento pode também ser feito até mesmo em crianças e animais, com a vantagem de impulsionar os efeitos da acupuntura tradicional.

Mas a eletroestimulação não é a única técnica alternativa utilizada para otimizar o tratamento.

A laserterapia na acupuntura

Outra variação na técnica da acupuntura se dá por meio da combinação das agulhas com um laser de baixa intensidade. Ao contrário da eletroestimulação, os lasers não precisam ficar em contato direto com a pele do paciente, mas há profissionais que utilizam aparelhos com pontos de estimulação para um foco mais preciso na área afetada.

A vantagem desse tipo de tratamento é que, por se tratar de um laser, não oferece desconfortos ao paciente durante a aplicação, e é bastante utilizado para a estimulação bioquímica das células.

Fora isso, ambas as técnicas apresentadas (a laser e eletroacupuntura) podem ser realizadas com ou sem o auxílio de agulhas, já que cada aparelho por si só já produz seu estímulo. O que é uma vantagem para pacientes que ainda não experimentaram os benefícios da acupuntura por terem aversão às agulhas.